:: Pontos & Artes ::

sábado, abril 30, 2005

Decoupage simples em tecido

Image hosted by Photobucket.com
Já aqui mostramos trabalhos de decoupagem em vidro e em madeira... Mas a decoupagem pode ser feita em outros materiais... Como por exemplo... o tecido.
É muito simples. Basta recortarem a figura que tiverem escolhido de um guardanapo de papel, retirem a folha branca que se encontra no verso do guardanapo e deitem-na fora. Fiquem apenas com a figura recortada. Depois apenas têm que, com um pincel, colar a figura que recortaram, com muito cuidado para ficar bem esticadinha e sem vincos no tecido. Podem utilizar um verniz cola para várias matérias (tipo tecido, madeira, etc) como este, por exemplo.
No final poderão dar mais uma camada de verniz cola por cima da figura que colaram para que fique impermeabilizada.
Image hosted by Photobucket.comImage hosted by Photobucket.com
(Bolsinha com rosa de Carla Tomás; marcador de livros de Sandra Regufe e bolsa para lápis de Ana Pinheiro)

quinta-feira, abril 28, 2005

Evento: Feira da Primavera

Nos próximos dias 30 de Abril e 02 de Maio irá realizar-se uma Feira de Artesanato nos jardins do Principe Real, em Lisboa.
P
ara quem gosta de artesanato em geral, peças lindas e feitas pelas mãos de gente muito habilidosa poderá visitar esta Feira e admirar e comprar as peças mais diversificadas que por lá se encontrarão.
Podem ver a lista de artistas e suas artes aqui.

terça-feira, abril 26, 2005

Pintura em Tecido

Uma das artes mais apreciadas é a pintura em tecido... Não imaginam como uma simples pintura pode embelezar um peça.... Seja um simples avental, um naperon, uma toalha ou mesmo uma peça de roupa.. tal como umas calças ou uma t-shirt......Desenhos bem simples que dão um toque especial a uma peça especial.... É claro que como tudo a pintura em tecido tem de ter certos cuidados... Tais como lavar a peça e passa-la a ferro antes de se iniciar a pintura ... isto claro em peças novas... O objectivo é tirar aquela goma que qualquer peça de tecido trás..... Depois de pintada a peça... é esperar que seque - normalmente 48 horas - e depois é passado a ferro com um pano por cima, para fixar as cores.... Experimentem um dia e verão como é viciante.....
Deixo-vos com exemplos de algumas peças feitas pelas nossas queridas amigas...

Image hosted by Photobucket.com Image hosted by Photobucket.com
Sacola e fralda pintadas pela Susana Feliciano
Image hosted by Photobucket.comImage hosted by Photobucket.com
Rosas e malmequeres pintados pela Carla Tomas
Image hosted by Photobucket.comImage hosted by Photobucket.com
Avental e toalha pintados por Carla Geraldes

segunda-feira, abril 25, 2005

Ajudar os animais através do artesanato...

Como já o dissemos num post anterior pretendemos também através deste blog divulgar eventos ou dar a conhecer iniciativas que se relacionem com o artesanato. E os nossos hobbies, para além de nos servirem para preencher os tempos livres e podermos dar asas à nossa imaginação também podemos ajudar quem precise de ajuda. Quem quiser ajudar pode-o sempre fazer e há tantas formas e algumas delas mesmo à nossa "mão"....

Para quem se interessa pelos animais abandonados e gostaria de ajudar mas não sabe muito bem como nem a quem oferecer a ajuda, pode fazê-lo de uma forma simples e utilizando as peças que faz nos seus tempos livres. Como ? Simples.
Basta doar a (s) peça(s) que quiser das suas artes para que sejam colocadas a Leilão no site Felinus & Cia. O projecto nasceu da ideia de um grupo de bordadeiras que gostaria também de ajudar a angariar meios para ajudar animais abandonados e foi criado o grupo Sos Gatos e Artesanato. Neste grupo as pessoas trocam ideias e daqui nascem algumas peças para serem levadas posteriormente a Leilão pelo site Felinus, no projecto de Artesanato Felinus. Se quiserem saber mais sobre o assunto poderão ver no site como ajudar.

Se este é um assunto que a(o) toca particularmente tem aqui uma excelente oportunidade de poder ajudar efectivamente os nossos amigos de 4 patas.

sábado, abril 23, 2005

Hobbyart 2005-Brasil

Na passada semana de 29 de Março a 2 de Abril 2005, em São Paulo, Brasil, decorreu a Hobbyart 2005, uma feira dedicada aos hobbies criativos, artes e artesanato e que reuniu inúmeros fabricantes, lojistas, artistas e muitos visitantes que acorreram a conhecer esta Feira.

Nós não estivémos lá, com muita pena nossa, mas já lemos muitos relatos de quem teve a sorte de poder ir a esta feira brasileira e vimos bastantes fotos de algumas peças que estiveram a representar os artistas que as criaram.Gostaríamos então de deixar algumas fotos de apenas algumas peças que puderam ser vistas nessa Feira, pode ser até que inspire quem visite este blog .

Quanto a nós cá ficaremos a aguardar pela nossa Feira de Artesanato anual na zona Expo, em Lisboa e nos deliciamos com as fotos das maravilhosas peças da Hobbyart 2005.




quinta-feira, abril 21, 2005

Os bordados pequenos e o desfiar do tecido

Vou aqui responder a um comentário e dúvida de uma das visitas a este nosso blog, a Raquel.
Tenho umas fitas de curso para fazer e achei que talvez fosse giro bordar assim uma coisinha pequenina e cozer na fita. Mas tenho uma dúvida, ao cortar não desfia? Terei que fazer algum ponto à volta para não desfiar? E se tivessem podiam deixar sugestões de coisas para fazer em fitas de curso uma vez que nesta altura do ano anda meio mundo estudantil preocupado com isso.

Esta é uma pergunta de muita gente que borda ponto cruz no tecido próprio (quadrilé) pois este tecido é facílimo de se desfiar. Mas é fácil conseguir com que o tecido não desfie nas bordas. Basta passarem com cola (qualquer cola transparente) ou com verniz de artes decorativas ou qualquer outro (até o verniz das unhas dá) nas bordas do tecido e este já não irá desfiar. E se quiserem proterger melhor o bordado também poderão passar o verniz ou a cola por todo o bordado.

Bordar peças pequenas é uma excelente maneira de dar uso aos pequenos restos de tecido e até de linhas e fazer também peças bonitas.

terça-feira, abril 19, 2005

Um tabuleiro em decoupagem

Ora depois de termos arrancado com este blog e a publicação de vários trabalhos, deixo-vos aqui um trabalho utilizando a técnica da decoupagem em madeira,a minha segunda experiência nesta técnica.



Foi fácil de fazer.

Bastou pintar o tabuleiro de madeira (cor baunilha no fundo do tabuleiro e cor azul escuro nos lados e verso do mesmo), depois recortar a figura pretendida de um guardanapo de papel, colar com cola (eu utilizei pasta de relevo diluida num bocadito de água), ir colando por partes o guardanapo no fundo do tabuleiro e no final da colagem dar uns toques com um pincel macio para retirar e alisar eventuais bolhas de ar que tivesse ficado quando da colagem. Depois de bem seco, basta envernizar o tabuleiro.
E voilá, transformamos um tabuleiro normalissimo de madeira em algo personalizado e de que gostamos.

segunda-feira, abril 18, 2005

Evento: Palco das Artes

Como também pretendemos divulgar os eventos relacionados ás artes e bordados, deixo-vos aqui o "Palco das Artes" que irá decorrer neste mês de Abril.

sábado, abril 16, 2005

O que são pátinas?

As pátinas naturais são efeitos do tempo e do uso, mas isso deu aos monumentos, às pinturas e aos objectos um sentido existencial que nos proporciona essa sensação do passar do tempo, os efeitos da oxidação, dos fungos e o desbotado das cores.

Recriar estes efeitos decorativos sobre diversas superfícies e por diversos meios constitui a arte de pátinar. É um procedimento de técnicas - com tintas, resinas e betumes; com esfregaço ou lixa; com verniz ou cera - para criar essa pequena ilusão.

Existem dois tipos de pátinas: as pátinas a água e as pátinas a óleo.

Pátinas a Água

As pátinas a água existem já prontas em frascos e boiões e numa ampla gama de cores. O seu diluente é a água e a sua utilização é fácil, com uma secagem relativamente rápida.Correspondem às tintas com base látex ou acrílica, que se abrem até à transparência e são fáceis de eliminar. Estas pátinas são contudo menos transparentes do que as óleo.


Pátinas a Óleo

Sendo em geral mais transparentes e a base oleosa, o seu tempo de secagem é mais lento, pelo que mesmo em grandes superfícies se pode trabalhar mais tempo. São também várias as pátinas em que esta base de óleo dá o seu contributo de veladura brilhante, pois ao secar ganha um acabamento de envernizado.


sexta-feira, abril 15, 2005

Brincos em Ponto Cruz

Como muito bem foi lembrado pela nossa querida CarlaTomás, da mesma forma que se fazem marcadores e imãs, também se fazem brincos LINDOS!!!!!!!!!!!!!!!!! Nunca tinham pensado nisso??? Pois é... o mundo dos bordados traz-nos muitas surpresas ...:-))))))

Aqui ficam alguns dos brincos que ela bordou:


Mais uns pequenos bordados - marcadores

..... continuando na onda dos pequenos bordados que a nossa querida Malena lançou.... que tal fazerem uns Marcadores de Livros???? Sim, porque, embora poucas pessoas o saibam, também esses são possiveis fazer da mesma forma do imãs.... Seja em quadrilé, cartão perfurado ou mesmo tela plástica....... A confecção, é mais ou menos a mesma que nos imãs...... Borda-se o motivo escolhido..... recorta-se e aplica-se cola no avesso para endurecer um pouco o bordado..... Pode-se também por entretela, pois também esta endurece o trabalho..... No avesso, pode ou não, colocar-se papel de veludo... Os acabamentos ficam ao critério de cada um...

Vejam alguns dos exemplos de marcadores realizados pelas nossas amigas do grupo Pontos & Pontinhos:


bordado pela Sara- bordado pela Wania


bordado pela Mila - bordados pela Rita Duarte

quinta-feira, abril 14, 2005

Flores em sabonete

Esta é uma daquelas artes que além de ter um resultado final fantástico, é um arte que é deliciosamente ........ perfumada :)... Além de ficaram bonitas são sempre uma prenda formidável quando não se sabe o que há-de oferecer....

Agora .. o que são as flores de sabonete... Muitas das vezes quando falo nisso, as pessoas respondem ".. sim conheço.. são aquelas que são como as velas, mas são feitas em sabonete" ou então" Essas não são aqueles sabonetes que são pintados com flores?"...Pois bem... posso-vos dizer que estas flores são mesmo feitas com sabonete.....

Sabonete de glicerina que é cortado e depois moldado com ferramentas próprias ....

Deixo-vos aqui um "cheirinho" daquilo que se pode fazer com sabonete....


quarta-feira, abril 13, 2005

Quadro tridimensional de flores


Aqui fica a descrição de como fazer este quadro tridimensional, feito pela Susana Feliciano, que aceitou um nosso pedido para partilhar os seus conhecimentos.

Materiais:

4 estampas da mesma imagem á vossa escolha

Uma placa de MDF

Cola branca

verniz de relevo "Sintex"

cola de silicone transparente

seringa de 10mm(sem agulha)

Tinta da China

Como fazer:

Começa-se por colar uma das estampas na placa, com muito cuidado para não ficar com bolhas de ar e nas outras três estampas dá-se na frente da estampa com verniz de relevo "sintex", com um pequeno rolo de espuma para pintura (esta operação tem de ser feita em cima de uma folha de papel de aluminio) e deixa-se secar. Este procedimento faz-se por três vezes. Depois viram-se as estampas ao contrário e repete-se o procedimento.
Depois das estampas secas, começa-se numa e cortam-se com um x-acto os pormenores que queremos salientar (que vão dar o aspecto de 3 dimensões) e passa-se no contorno de cada parte cortada um pouco de tinta da China.

Entretanto prepara-se silicone transparente e enche-se a seringa com a silicone e passamos à montagem do quadro. Em cada peça cortada põe-se um pouco de silicone no verso e vai-se aplicar na primeira estampa já colada, de modo a ficar um pouco levantada, vai-se fazendo isto a todas as peças e deixa-se secar. Depois é repetir a operação para as outras duas estampas, até se conseguir o efeito desejado.

Atenção que só se colam as partes das 3 estampas que se pretendem que sobressaiam. No fim limpam-se os excessos de silicone com um pincel de cerdas e aplica-se verniz ceramico "sintex". (Explicação e quadro elaborado por Susana Feliciano)

Um efeito diferente e muito bonito. Vale a pena experimentar.

Obrigada Susana pela tua explicação.

terça-feira, abril 12, 2005

O que é a goma-laca?

Impropriamente chamada goma, a goma-laca é um verniz preparado com uma resina e que se dissolve em álcool. É usada como acabamento, protecção e polimento, mas também como isolante em madeiras, plástico, gesso, metais, entre outros.

segunda-feira, abril 11, 2005

O que são primários isolantes?

Os primários isolantes são emulsões de contextura semelhante a outras tintas, mas com mais resina, sintéticos, aguarrás ou outros diluentes que lhes aumentam o poder de penetração. Isto ajuda a uma maior aderência e resistência das mesmas.

Existem no mercado vários tipos de primários de acordo com a natureza das superfícies - ferro, latão, madeira, plástico, gesso, entre outras - e existem também os de multiusos que se podem aplicar em diferentes superfícies.

domingo, abril 10, 2005

Preparação de uma peça

Antes de iniciar qualquer género de trabalho, primeiro há que preparar a superfície para receber o trato decorativo.

Cada tipo de material tem processos básicos de preparação para receber as operações de decoração, pátinas e acabamento. Todas as superfícies têm de estar bem limpas de pó e de sujidade para que as tintas e pátinas tenham uma boa base de aderência.


Metais


Os metais limpam-se com álcool para dissolver qualquer resto de sujidade e de forma a que o primário isolante adira melhor. Se estão em mau estado, a lixa e as lavagens tornam-se necessárias para eliminar oxidações, bolsas de verniz ou restos de pintura antiga.



Madeira


As peças de madeira devem ser passadas à lixa de grão médio para eliminar qualquer farpa ou mancha de sujidade e amaciar o tacto dos poros permitindo receber a camada do primário isolador para madeira, que deverá ser aplicado de forma homogénea e respeitando os veios da madeira.


Gesso

As peças de gesso são muito porosas e absorventes, pelo que devem ser corrigidas com lixa muito fina, retirando possíveis imperfeições deixadas pela forma e, suavemente, as manchas existentes. Depois, com um pincel de cerda escova-se o pó que reste nos rincões. Alguns acabamentos não necessitam que o gesso seja isolado, mas se o acabamento é de outra natureza, como os aplicados a superfícies não absorventes, então convém aplicar ao gesso um isolante como o de acrílica, ou mesmo um verniz goma-laca diluído.


Plástico


No caso do plástico, depois de limpa a sua superfície com um pano, usa-se uma lixa de grão médio para a despolir e, assim, o primário isolante aderirá melhor.

Vidro

Nas peças de vidro há que eliminar todo o resto de pó e, inclusivamente, as marcas de dedadas, uma vez que estas podem alterar o resultado final da peça. Embebe-se um trapo com álcool ou vinagre - duas soluções imprescindíveis para se assegurar uma limpeza perfeita do vidro, pois possuem um grande poder desengordurante e secagem rápida, já que se evaporam facilmente - e esfrega-se o objecto. Quando os restos não desejados desaparecerem, enxuga-se a peça com um trapo seco.

Agora... mãos à obra! :)

sábado, abril 09, 2005

Livro Sagrado


Temos aqui mais uma descrição de como se fez esta linda peça religiosa, este maravilhoso
Livro Sagrado, que a Susana Feliciano, a artista que o fez, quis partilhar connosco.

Aqui fica a descrição do passo-a-passo para fazer um Livro Sagrado:



Materiais:

Lista telefónica

Cola branca para madeira

Fotocópia a cores da imagem escolhida 

Papel pergaminho

Betume judaico

Goldfinger

Cordão para aplicar





Como fazer:

Levamos a lista telefónica a uma tipografia e pedimos para que a cortem no tamanho pretendido. Depois de cortada, abre-se ao meio e começa-se a agrafar aos molhinhos de modo a que as folhas fiquem um pouco levantadas, primeiro de um lado, depois do outro.

Entre as folhas agrafadas passa-se com cola branca para madeira e deixa-se secar muito bem (demora cerda de 1 semana a ficar como pretendido), ficando então o formato do livro pretendido. A seguir, no verso do livro cola-se uma cartolina com cola branca á medida do livro. Na frente vai-se colar a imagem (fotocópia a cores), previammente colada em cartolina e na página oposta colam-se os versos (previamente impressos numa folha de papel pergaminho).

Na imagem e nos versos aplica-se duas demãos de goma-laca e deixa-se secar, em seguida aplica-se betume judaico nas laterais do livro de maneira a que as páginas fiquem com aspecto escuro e não se verem as letras da lista telefónica. Na imagem e nos versos aplica-se também betume judaico mas passa-se logo de seguida com um pano para limpar e ficar apenas o aspecto um pouco escurecido e velho. No final de seco, aplica-se na imagem e nos versos betume e goldfinger a fazer o efeito de antigo.

E pronto, é só aplicar um cordão: faz-se um furo no topo do livro e passa-se cola rapidamente e o cordão.

(Susana Feliciano)



Ora quem diria que este livro veio de uma lista telefónica ? Aqui está também um belo meio de reciclarem as vossas listas telefónicas.

Susana, uma beijoca de agradecimento pela tua partilha deste trabalho magnifico.

sexta-feira, abril 08, 2005

Um segura- tesoura

Para quem adora bordados mas também tem uma mãozinha para a costura.. que tal se aventurar a fazer um segura-tesoura???? ;-)))) É simples de fazer.... Basta fazeres o teu bordado - convém não ser muito grande - depois de concluido arranjas um pedacinho de tecido que combine com o bordado e aplicas na parte de trás... se quiseres podes sempre por entre o quadrilé e o tecido um pouquinho de "Dracalon" , que é uma manta acrilica que se utiliza, por exemplo, nas pegas de cozinha ...Cozes a toda a volta e depois, para terminares, é só pores um cordão á volta e ires cozendo aos poucos a toda a volta .. Deixo-vos aqui um exemplo de um que foi feito para uma menina maravilhosa, numa
troca de um grupo....



(bordado por Carla G)

quinta-feira, abril 07, 2005

O Ponto ajour

Sabem ...os
bordados em si só, já fazem trabalhos maravilhosos, mas se o quisermos
"valorizar" um pouquinho mais... principalmente quando falamos de
toalhas de mesa, individuais, paninhos para o cesto do pão, etc, etc.....
podemos sempre aplicar outro tipo de trabalho... Neste caso especifico eu
refiro-me ao ponto ajour... Muitas gente pensa que é um bicho de sete
cabeças ... Mas assim que se lhe apanha o jeito.... vão ver como é
fácil..:-)



 Aqui fica um
exemplo de um Bread (paninho para o cesto do pão) que fiz para oferecer a uma
amiga ... Vejam lá se não dá logo outra graça :-)


segunda-feira, abril 04, 2005

Decoupagem em vidro

Como já foi mencionado num post anterior a decoupagem pode ser feita em vários materiais, como o vidro.
E aqui fica uma sugestão de como poder utilizar um frasco, boião ou o que quiser em vidro, uma folha de guardanapo de papel e a sua imaginação.

Este pequeno passo-a-passo foi-nos enviado por uma amiga, a Mila, que quis partilhar a sua experiencia, com todas as que quiserem ler.

DECOUPAGEM EM VIDRO



Materiais utilizados:

- Potes ou jarras de vidro

- guardanapo com motivo escolhido

- cola para decoupage (eu usei a da Creative UHU)

- 2/3 pinceis (de vários tamanhos)

- Alcool e acetona

- Algodão e cotonetes

- Objecto bicudo para retirar os excessos de cola

Como fazer:

Pega no guardanapo e recorta o motivo escolhido, utiliza uma tesoura de ponta fina para o corte ser mais preciso.

Limpa com alcool a zona onde vais aplicar o guardanapo, para retirar qualquer sujidade ou gordura que o vidro possa ter.

Pincela com cola para decoupage a zona do vidro onde vais aplicar o guardanapo.

Retira as folhas excedentes do recorte do guardanapo e aplica a folha com bastante cuidado e bem esticada ( cuidado para não rasgares) no vidro, depois com um pincel de cerdas suaves passas novamente a cola por cima do guardanapo.

Deixa secar bem e volta a aplicar mais 1 ou 2 demãos de cola até o trabalho ficar com o aspecto pretendido.

Quando estiver bem seco, usa o cotonete e a acetona para retirar os excessos de cola que ficam no vidro, para o contorno do guardanapo usa um objecto pontiagudo para não estragares o trabalho.


Mãos à obra e bons trabalhos!(Mila Rodrigues)


Deixo apenas uma sugestão - se estiverem a pensar em utilizar frequentemente o frasco e que o tenham de sujeitar a lavagens frequentes, sugiro que usem uma cola e um verniz indicados para vidro ou porcelana para terem a certeza que o vosso trabalho estará ali para durar e ser apreciado por todos.

E queria agradecer á Mila pela sugestão enviada e por ter partilhado connosco a sua experiencia na decoupagem em vidro.

Uma beijoca enorme, Mila.